sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

A Terra e os Quatro Elementos: Características/Conscientização




Somos uma espécie isolada no caminho evolutivo desse Planeta? Não.
Somos uma entre muitas das formas de vida que caminham nessa Terra, cada uma em seu processo evolutivo particular e único, usufruindo de tudo o que aqui nos é oferecido, por um período curto e Sagrado. Esquecemos, e muitas vezes sequer buscamos lembrar, o quão Sagrada é essa jornada e de como não estamos sozinhos. Respiramos o mesmo ar que nossos antepassados e também o mesmo que todas as formas de vida que aqui estão.
Os antigos sábios indígenas diziam que tudo que nossa vista alcança, nessa Sagrada Terra, foi criado por Deus, tem algo a ensinar e algo a aprender e depende disso para evoluir. Tudo que cruza o nosso caminho é parte de uma Sagrada oportunidade de aprendizado que planejamos antes de aqui nascer, nessa forma de vida.
Já houve um tempo em que vivíamos em perfeita harmonia com as outras formas de vida animal, vegetal e mineral. Houveram mudanças, perdemos essa harmoniosa conexão, e hoje chegamos ao extremo de não saber como começar a preservar e/ou reparar os danos causados por nós, por falta de conhecimento espiritual, científico, ético e moral. Isso sem falar do Analfabetismo Ambiental e na falta de Educação também ambiental, que retarda mais ainda o já tão precário processo de restauração dos Ecossistemas vivos.
A Terra, Gaia, Deusa-Mãe, Deusa-Terra, Deusa da Natureza, chamada pelos romanos de Tellus, pelos vikings de Nerthus e pelos yorubás de Oduduwá,  foi uma das primeiras Deusas a ser cultuada como divindade e está em um processo de grande mudança, seguindo seu curso evolutivo natural, físico e espiritual, dado o seu momento no percurso da Galáxia e as consequentes mutações oriundas desse processo. Há forças gravitacionais e circulatórias vibracionais do próprio Universo que afetam o planeta. Mas, não podemos negar, assim como grande parte da espiritualidade e ciência, que contribuimos na aceleração desse processo, com toda a poluição e devastação que causamos, perda de valores morais e espirituais.
Temos que preservar o que resta, temos que consumir com responsabilidade, para que a Terra possa novamente se erguer e continuar nos sustentando.
Comece conhecendo, reverenciando e percebendo a Terra, de maneira simples,  caminhando descalço, sentindo a boa sensação de se sentar à sombra, (e o cheiro bom de chuva?); respire ar puro, no campo, floresta, praça ou jardim; coma seu alimento todos os dias consciente de que ele foi cultivado em alguma horta ou plantação e que, em tudo isso, está presente a energia propícia a uma oportunidade de Cura, Harmonização e energização.
Faça sozinho ou acompanhado, mas comece a perceber os Elementos que a Natureza possue, os Quatro Elementos, Terra, Água, Fogo e Ar, de que tudo é constituído nessa Terra, quer seja através das vivências no plano físico, quer seja através do conhecimento dos ensinamentos espirituais que cada um representa.
Sem o ar, o Sopro da Vida, não haveria o espaço para a comunicação, não veríamos, não ouviríamos e morreríamos em segundos. Sem a água, o sangue da Terra, não teríamos as correntes marítimas, não haveria a cadeia alimentar que nasce no mar, não teríamos o equilíbrio climático que por ela é promovido. Sem calor e o fogo do sol, não haveria nenhuma das formas de vida que conhecemos e, sem a Terra, o Corpo, nada do que vivemos hoje, existiria.
Portanto, vamos conhecer melhor esse Quatro Elementos, suas características e sua influência em nossa vida.

O ELEMENTO TERRA
Representa o corpo e diz respeito à concretização.
Característica – fria e seca.
Direção – Oeste.
Relacionado às Hierarquias Solares – Capricórnio, Touro, Virgem.
O Elemento Terra atua no campo físico como a força que nutre e alimenta toda a vida. Presente no solo, nas florestas, nos campos, nas montanhas, nas rochas, representa o lado visível da vida e se manifesta nas sementes que germinam todas as idéias. Nela está o registro de memória e sabedoria de milhões de anos de evolução do Planeta.
Da Terra nascemos e a ela voltaremos, já que o nosso corpo material é constituido de todos os minerais presentes no Planeta. Da terra também provem o alimento material que nos mantem saudáveis para ancorar a energia de nosso espírito, nessa presente jornada de aprendizado evolutivo.
Preservando a saúde e integridade do Planeta, também estamos fazendo o mesmo com toda as formas de vida visíveis e invisíveis que aqui também habitam e que, como nós, são nutridas e caminham em processo de evolução. A consciência de preservação é necessária e precisa ser cada vez mais estimulada e propagada, para que tenhamos a possibilidade de aproveitar os benefícios e deixar nosso legado.
Através desse elemento, enfrentamos o medo, transcendemos as sombras em busca da cura e o estímulo para viver.
As pessoas ligadas a esse elemento são sóbrias,práticas, sensuais, realistas, prudentes, distantes, as vezes pessimistas e melancólicas, reservadas e têm ótima memoria.
A ausência desse elemento pode levar ao apego excessivo ao mundo material, ambição e materialismo; um medo constante de perder tudo. O corpo físico tende a ser franzino, com musculatura flácida, metabolismo lento e pouca resistência à doenças, como a gripe.
O excesso, por sua vez leva um corpo físico contraído e tenso, com câimbras e falta de relaxamento.

O ELEMENTO ÁGUA
Representa o sangue e está relacionada aos nossos sentimentos.
Característica – quente e úmida.
Direção – Sul.
Relacionado às Hierarquias Solares – Peixes, Câncer, Escorpião.
O Elemento Água atua no campo Emocional e está presente em 70% do nosso corpo assim como está, na mesma proporção, presente na água do planeta: nos mares, rios, lagos, lagoas.
Há estudos que comprovam a veracidade das boas vibrações e energias positivas no equilíbrio e bom funcionamento da estrutura molecular da água e, consequentemente, no bom funcionamento do nosso corpo. Isso nos faz lembrar que ingerimos, de alguma forma, a água presente no planeta e nos faz lembrar também do compromisso consciente de não poluir, preservando as nascentes e os cursos de água toda a superfície liquida do planeta.
É através da água que o nosso corpo libera os medos, as tristezas e a intensidade da alegria e esperança. Está ligada às emoções do inconsciente, que nutrem nossos sonhos e ideais de vida.
As pessoas ligadas a esse elemento são emotivas, calmas, cuidadosas, estáveis, passivas, agradáveis, intuitivas, sensíveis e valorizam a profundidade nas sensações.
A ausência do elemento água leva à atitudes secas e inflexíveis. Quando isso acontece, as reações são improdutivas. No corpo físico, leva  problemas no funcionamento do Sistema Nervoso Central e à Hipocondria.
O excesso, por sua vez, leva à necessidade constante de comer, muitas vezes levando à obesidade, problemas digestivos e circulatórios, retenção hídrica e prisão de ventre.

O ELEMENTO AR
Representa o sopro da vida e está relacionado ao raciocínio.
Característica – fria e úmida.
Direção – Norte.
Relacionado às Hierarquias Solares – Aquário, Gêmeos, Libra.
O elemento Ar atua no campo mental e busca a expressão por meio da comunicação, gerando forma e mudança àquilo que já está sendo comunicado.
O Espírito do Ar nos ensina, logo ao nascer, uma importante lição de vida e morte, que andam juntas. Lembra os bons ventos que trazem a essência, o movimento e o campo propício para que a Palavra Falada e Ação possam ser manifestadas.
O Ar representa o lugar invisível onde todas todas as ações e realizações têm seu início, representando o mundo das ideias, a nossa imaginação.
As pessoas ligadas a esse elemento são extrovertidos, animados, esquecidos, impacientes, comunicativas, idealistas, sem preconceitos e prezam a inteligência verbal.
O excesso do elemento Ar leva à distração e dispersão. No corpo físico, leva à problemas nos nervos e glândulas, insônia, rinite, sinusite, dor de cabeça constante, acima dos olhos.
A ausência, por sua vez, leva à falta de discernimento, falta de atenção, memória confusa, dislexias e incapacidade de aprendizado.

O ELEMENTO FOGO
Representa o Espírito e está relacionado à nossa vontade.
Característica – quente e seca.
Direção – Leste.
Relacionado às Hierarquias solares – Áries, Leão, Sagitário.
Atuando no campo espiritual, o Elemento Fogo é o elemento sagrado da criação e está presente dentro de nosso coração, nos dando força, impulso e vontade para promover mudanças, purificação e transformação em nosso espírito. Sua força indica o caminho a ser seguido pelos buscadores de cura do Universo.
Está presente em nossas vidas desde o inicio da evolução humana conhecida, presente no nosso coração, nas fogueiras, nas tochas usadas para a caça noturna, na cocção dos nossos alimentos, na eletricidade que alimenta a tecnologia que nos cerca.  Também presente nos vulcões, que trazem à superfície, elementos de transformação e mudanças atmosféricas, que auxiliam à evolução de toda  a vida sobre a Terra.
As pessoas ligadas a esse elemento são intuitivas, ardentes, auto suficientes, espontâneas, impulsivas, agitadas, rápidas, impacientes e raivosas. Quando em desequilíbrio, pela inquietude, começam e não terminam cursos e projetos. Tendem a procurar coisas novas sempre e acabam dispersando.
A ausência desse elemento em nossas vidas, levam à depressão, isolamento, apatia, preguiça, covardia, medo do desconhecido e falta de conexão com a força interior. No corpo físico as doenças recorrentes são a osteoporose, dentição fraca, dormências nas extremidades do corpo, frio constante, anemia e falta de apetite sexual.
O excesso, por sua vez, também não nos propícia saúde, podendo levar à hipertensão constante, nervosismo, problemas na vesículas, rins, fígado além de baixa calcificação nas juntas ósseas.

BIBLIOGRAFIA:
FONTES, Narcy C. A Hierarquia dos Iluminados – Os Portadores da Luz Azul
PAULA, Samuel Souza de (org). Práicas Bioxamânicas – Despertar das Capacidade Interiores
     

Hélder Viviane Teles
Ministra da Cura


Nenhum comentário:

Postar um comentário