sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

A Cura

Existem vários níveis de cura, a cura do corpo físico e a cura dos corpos emocional e mental. Hoje temos à disposição várias terapias que nos ajudam a realizar esta cura. Sabemos que temos que buscar a causa, não só sanar o sintoma. Há anos realizo curas com algumas terapias, mas principalmente, ajudo as pessoas a entenderem que a cura está dentro delas. As terapias que têm uma origem guiada pelos Mestres que auxiliam o desenvolvimento da humanidade, são a porta para deixarmos de buscar fora de nós as respostas. Mas essas terapias são, como costumo dizer "um empurrão " para enxergarmos a Verdade e a causa da enfermidade seja ela, física ou psicológica.  Se a pessoa não parar, meditar e se sintonizar com sua Presença Eu Sou, fará com as terapias o mesmo que muitas pessoas fazem com remédios. Tomam muitos remédios mas não mudam seus hábitos e a doença continua sempre ali na porta, e de vez em quando retorna ou se agrava. As doenças refletem também processos mentais de uma época.  Quando me aprofundei nos ensinamentos do Usui Reiki pude constatar que na época do Mestre Mikao não existiam certas doenças tão comuns hoje. Isso me levou a estudar ainda mais a importância do inconsciente coletivo e a força dos pensamentos. 
Temos neste momento planetário dois males  que sondam a maior parte das pessoas, a ansiedade e a depressão. Como estamos buscando vibrar de acordo com as mudanças vibratórias do planeta Terra, que ascendeu, isto é, subiu um degrau de sua evolução dentro dos Planos Divinos para ela estabelecido, sentimos a vontade de realizar mudanças em nossa vida e de evoluir, mas muitos acabam focando erradamente em amarguras do passado (depressão) ou na ânsia pelo futuro (ansiedade).
Com os meus 15 anos de experiência no mundo da cura holística,  onde não só ajudei muitas pessoas a despertarem para uma mudança interior mas eu mesma fui me transformando, posso sugerir com todo amor que tenho em meu coração, que o amor a nós mesmos, o desenvolver das virtudes , as orações e meditação são fundamentais para nosso centramento. Uma vez centrados somos capazes de enxergar o que deve ser transmutado. Encontraremos a felicidade nas situações e coisas do dia-a-dia, seremos mais disponíveis para nossos irmãos e a alegria de viver será uma constante.


Chanceler Ana Maria Nardini


Nenhum comentário:

Postar um comentário