sexta-feira, 21 de abril de 2017

Árvore Genealógica do Trabalho dos Mestres Ascensionados

Helena Blavatsky e o Coronel Henry Steel Olcott



Fundaram a Sociedade Teosófica, sob a direção de El Morya, em 07 de setembro de 1875, na cidade de Nova Iorque. A origem da palavra Teosofia é grega e significa "Sabedoria Divina". O discurso inaugural foi realizado pelo Presidente fundador Olcott em 17 de novembro, data que é considerada oficial da fundação desta organização. Em 1879, transferiram a sede para Bombaim, na Índia, e, em 1882, para Adyar, Madras (atualmente Chennai), no sul da Índia, onde permanece até hoje. 
O Programa Original da Sociedade Teosófica, emitido por Blavatsky em 1886, tinha como objetivo o seguinte:

1 - A Fraternidade Universal.
2 - Nenhuma distinção poderá ser feita por qualquer membro entre raças, credos, posições sociais, devendo cada um ser retratado de acordo com os seus méritos pessoais.
3 - Estudar as filosofias do Oriente - especialmente as da Índia, apresentando-as gradualmente ao público em vários trabalhos que interpretarão as religiões esotéricas à luz dos ensinamentos esotéricos.
4 - Oposição ao materialismo e ao dogmatismo teológico de todas as formas possíveis, demonstrando a existência de forças desconhecidas da ciência na natureza, e a presença de poderes psíquicos e espirituais no homem.

A Sociedade AGNI YOGA



Foi fundada em 1920 em Nova York - EUA, por Nicholas e Helena Roerich. A expressão Agni Yoga é do sânscrito Agni: Fogo e Yoga: união; do latim "jungare" unir-se; união divina. A união do homem com Deus através do Fogo Sagrado.

Inspirados pelas tradições védicas, assim como pelo budismo e também, por escritos de Blavatsky, na escola Teosófica, os Roerich publicaram a série de livros "Agni Yoga", com conteúdo inspirado pelos mahatmas e Mestres da Grande Fraternidade Branca.

Os Roerich associaram-se à Sociedade Teosófica, em Londres, em 1920, mas distanciaram-se devido ao grave conflito sobre Annie Besant e Krishnamurti. Já em 1920, Nicholas Roerich recebia mensagens do Mestre El Morya. Alunos faziam perguntas e Nicholas escrevia as respostas dos Mestres. Algumas destas mensagens eram apenas para os Roerich, separadamente, para a compilação de livros que hoje estão à disposição para estudos.

O Movimento I AM




Conhecido no Brasil como Movimento EU SOU. Foi fundado em Chicago - EUA no início dos anos 30 por Guy e Edna Ballard (hoje Mestres Ascensos Godfre e Lótus). Foi em agosto de 1930 que o Mestre Ascenso Saint Germain contatou Guy Ballard aos pés do Monte Shasta, na Califórnia, e explicou a ele certos aspectos da lei cósmica e da história da humanidade.
Esta bela experiência foi registrada no livro "Mistérios Desvelados" e este foi o prenúncio da Nova Idade de Ouro. Sob uma nova dispensação, dada a Saint Germain, os Mestres Ascensos, puderam levar os ensinamentos que só eram conhecidos por Mestres em templos sagrados, livremente para a humanidade, como por exemplo: o conhecimento sobre a Presença EU SOU individualizada, a utilização prática da Transmutadora Chama Violeta, o uso do nome Criativo de Deus "EU SOU" em decretos e invocações e a possibilidade da ascensão na Luz, conquistando a libertação da roda viva das encarnações sem fim.



Ponte Para a Liberdade



A Grande Fraternidade Branca recebeu uma nova dispensação e os Mestres começaram a treinar Geraldine Innocente, em 1944, como sua nova mensageira. Geraldine só realizou seu primeiro ditado em 17 de julho de 1951, trazendo uma mensagem da Amada Mestra Vesta, quando a Ponte foi então fundada em Long Island – EUA, em 1951. .
Em um ditado de Godfre dado ao mensageiro Mark Prophet em dezembro de 1958, o Mestre disse que o Movimento EU SOU foi a manifestação da chama do Poder divino e a Ponte para a Liberdade foi uma manifestação da chama da Sabedoria divina para o mundo.
No início dos anos setenta, vieram às mãos da Sra. Silvina Rohde Diederichs, de maneira inteiramente casual, uns livretos contendo ensinamentos dos Mestres da Grande Fraternidade Branca, editados pela Ponte da Liberdade e em Inglês. Encantada com o valor daquelas mensagens, resolveu escrever àquele Movimento nos Estados Unidos e pedir autorização para publicá-las em Porto Alegre. A autorização foi-lhe concedida e assim surgiram os primeiros livros. Mais tarde, voltou a solicitar licença, e foi autorizada a realizar os cerimoniais recomendados e a registrar o Movimento no Brasil.



The Summit Lighthouse



A Summit Lighthouse foi fundada em 07 de agosto de 1958, em Washington D.C., por Mark L. Prophet, sob o patrocínio do Mestre Ascenso El Morya. Mark L. Prophet (1918-1973) foi um místico, um mensageiro dos Mestres Ascensos e casado com Elizabeth Clare Prophet. Quando Mark tinha 17 anos, ele foi contatado pelo Mestre Ascenso El Morya. Devido à sua educação cristã fundamentalista, Mark mandou o Mestre embora. Anos mais tarde, Mark decidiu seguir El Morya e o Mestre retomou seu contato com ele. Entre 1952 e 1958, Mark compilou uma série de cartas de El Morya, chamadas Notas do Ashram. Essas cartas contêm profundo ensinamento e uma série de rituais concebidos para ajudar as pessoas a elevar sua consciência e reduzir o sofrimento no mundo
Mark Prophet trabalhou incansavelmente para publicar os ensinamentos dos Mestres Ascensos e colocar o alicerce para a continuação do trabalho por sua esposa. Juntos publicaram mais de 75 livros e iniciaram em 1960, conferências trimestrais para passar mensagens dos mestres ascensos, e para explicar seus ensinamentos.

Em 1961, El Morya contatou Elizabeth Clare Wulf e a enviou para conhecer Mark Prophet; os dois se reconheceram imediatamente como chamas gêmeas, e então, Mark Prophet, El Morya, Saint Germain e Maria Santíssima, treinaram Elizabeth Clare Prophet, já como esposa de Mark, para ser a Mensageira da Grande Fraternidade Branca, na escola Summit Lighthouse. 
Após a transição de Mark, Elizabeth Clare Prophet assumiu a liderança da Summit Lighthouse, e atuou como escritora, palestrante e líder espiritual. A vasta obra que ela produziu inclui mais de 1800 mensagens dos Mestres para a humanidade.


O Templo Universal Despertar




O Despertar nasceu no dia 01 de janeiro de 2006 na cidade de Natal/RN e é um grupo ascencional. No ano de 2009 recebeu o título de Escola Iniciática pelo Lord Maytreia no plenilúnio de Gêmeos (Assala). Tornou-se   Associação Despertar em 19 de outubro de 2011. Hoje, a partir de uma mensagem canalizada pelo mestre Jesus, o Cristo, tornou-se o Templo Universal Despertar, Seus trabalhos são guiados pelos mestres ascensos Jesus, Saint Germain e El Morya. Trabalhando na divulgação dos ensinamentos da Grande Fraternidade Branca.

Temos como mensageiro o Vigário Ferdinando Taveira, guiado principalmente pelo Mestre Saint Germain e tem como meta:

I- trazer a Grande Era de Ouro e restaurar e edificar a espiritualidade no planeta.
II- Ser uma ponte entre os alunos dos Grandes Mestres da Sabedoria e a Hierarquia Espiritual.
III- Unificar a humanidade através do Amor Incondicional e libertar o homem das trevas da ignorância.










Nenhum comentário:

Postar um comentário