sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

A Cura Através da Roda do Arco-Íriis

Em tempos remotos, na era das muito antigas civilações, o homem viveu em equilíbrio com as forças ativas e curativas do Planeta, observando, aprendendo, vivificando cada oportunidade Sagrada dentro de seu caminho evolutivo.
As antigas construções, cujos resquícios e registros arqueológicos datam de, até, 400.000 anos, faziam uso dos recursos naturais e de fontes de energia física, esquecidas, e espitual, adequadas e apropriadas de cada elemento ao ser redor, equilibrando e reconhecendo o que estava disponível, devolvendo em gratidão e respeito cada benção e oportunidade. Cada tempo, cada época, cada nova manifestação da Natureza não chegava a passar desapercebida pelo homem, que procurava contactar com essas forças, compreendê-las e invocá-las em benefícios de suas vidas.
Os antigos povos das planícies Norte Americanas, de práticas espitituais oriundas dos remotos povos da Sibéria, cultuavam as forças da Natureza em suas cerimônias e práticas pessoais meditativas de cura e orações. Sim, eles rezavam e meditavam como nós, em nosso tempo, fazendo uso de visualizações e intensões corretas. A renovadora força das brisas, o calor do sol, a leveza das águas, a alegria dos sons, enfim, manifestações Divinas e Sagradas de outras formas de vida que aqui estão, como nós, crescendo, aprendendo, ensinando, evoluindo e fazendo parte da grande obra Divina.
Entre os antigos Clãs de cura dos nativos Navajos e Hopis, Norte americanos, havia a crença de que a Deusa da Roda do Arco Íris, ou o Círculo do Arco Íris é a portadora das chuvas amigas que alimentam as plantações de milho, abóbora e feijão no verão , garantindo o alimento durante esse tempo. Sua força de Prosperidade é manifestada através de um círculo, contendo as quatro direções sagradas, que se mantém em continuo movimento mantendo a força criadora e mantenedora da vida. Esse círculo por sua vez é protegido por uma outra Deus da Roda do Arco Íris, que trabalha recolhendo a mesma chuva, promovendo o inicio e a continuidade do ciclo.
Essa Roda do Arco Íris e a Raça do Arco Íris vem trazer uma promessa de Paz e Unidade para as Nações e entre os povos, promovendo a igualdade e a consciência de que todas somos uma raça só, trabalhando todos juntos por um bem comum. O arco Íris é e foi visto, admirado, em todos os cantos do planeta, por tempos incontáveis, como uma manifestação da natureza que ativa em nós sentimentos de esperança e fé e, quando todos os Caminhos que conduzem à Totalidade e à Comunhão forem respeitados entre os povos, a professia do Arco-Íris estará sendo cumprida.
Essa professia diz que quando o Tempo do Quinto Mundo estiver próximo, crianças especiais começarão a nascer e a falar do Amor incondicional que já existe dentro de cada um de nós e anunciarão o tempo da chegada da Cura a todos os filhos da Terra. Essas crianças buscarão novas maneiras de compreender a si mesmos e aos outros e irão trabalhar com a Sabedoria dos anciões de todas as eras e de todos os tempos. Serão brancos por fora e vermelhos por dentro, como seus ancestrais. Caminharão em Equilíbrio na superfície da Grande Mãe Terra e anunciarão às mudanças na Terra que antecedem o tempo da Consciência da Unidade, e da mudança que ocorrerá nos homens durante o Processo de Cura até que nos tornemos um só Mundo.
Os ensinamentos dizem ainda que ...”muitos Filhos da Terra passarão a se recordar dos objetivos desta Caminhada pela Terra e aprenderão a desenvolver seus dons para poder auxiliar a toda a humanidade. A Verdade dissolverá os nós da separatividade e a Bondade prevalecerá... e então saberão qual o seu papel dentro deste grande Elo Universal.”
O uso da Roda do Arco ìris em nosso processo de cura, é muito simples e eficiente. Para efetivar podemos procurar um local tranquilo, respirar e entrar em silêncio. Convidar nosso anjo de guarda e, após acalmar, podemos iniciar nossa prática. Trabalhar com a Roda de cura nos pede concentração para que possamos visualizar a imagem da figura a seguir. Ciente dela em nosso campo mental, vamos visualizar a situação em nossa vida que precisa ser transformada, os lugares que precisam ser curados, pessoas envolvidas, os motivos da desarmonia e outros aspectos, quando necessário. Visualize tudo dentro da Roda de Cura do Arco Íris, sendo envolvido pelo suave giro e movimento circular da Roda. Coloque alegria, harmonia, paz, esperança, sabedoria, amor, verdade ou qualquer outro atributo divino com a intenção de que tudo seja curado e que o equilíbrio volte a imperar em tudo e todos. Permaneça alguns minutos na visualização, sentindo tudo já resolvido e curado. Depois, para finalizar, agradeça pelas bençãos e oportunidade recebidas e agradeça à Deusa da Roda do Arco Íris, seu anjo de guarda.



A Roda do Arco Íris destrói as mentiras e a desconfianças e substitui a ilusão da separatividade pela afirmação da Totalidade, da purificação, da regenaração.


Aho!
Namastê!
Reverenda Viviane Teles
Ministra da Cura
FONTE: As Cartas do Caminho Sagrado – Jamie Sams



Nenhum comentário:

Postar um comentário